02/03/2017

A Virgem dos Pobres.



"Eu sou a Virgem dos pobres"

Banneux em 1933 foi um dos países mais pobres da Bélgica, entre o vale do Vesdre ea estrada que leva de Liege a Spa: uma pequena igreja com um adro gramada onde os meninos estavam jogando, algumas casas pobres, um bar, uma loja, e ainda mais em algumas fazendas.

Nesse ano, a remota vila tornou-se o destino de peregrinos, atraídos pela fonte milagrosa "La Fange", que curou os doentes. O que tinha acontecido em Banneux em 1933? Lá, ele foi mostrado o sinal pedido a Deus de todo Bélgica crente. Para o fim de 1932 era um rumor de uma aparição da Madonna para cinco crianças em Beauring , ao sul da província de Namur. Perguntou-se então um sinal de confirmação com uma novena de orações. A novena terminou 16 de janeiro de 1933. Em 15 de janeiro, o sinal é dado em Banneux.

Naquele dia, 15 de janeiro, que era domingo. À noite, o maior dos sete filhos de Julian Beco viu no jardim da casa uma senhora luz. Giuliano quando ouviu sorriu, incrédulo, zombando a fantasia de sua Marietta: doze anos devaneios! Metalúrgico, Giuliano tinha apertado mais e mais após o desemprego, que durou vários meses. Ele tinha coberto com um pano até mesmo a única crucifixo de sua casa pendurada em uma parede da cozinha. O que ele estava lá para fazer quando você não deu trabalho a um pobre pai que tinha uma esposa e sete filhos para alimentar? Julian queria ser um homem honesto, mas ... ele não fala de Deus, se não ouvi-lo blasfemar!

Luisa, sua esposa, deixou para seu ressentimento, ela muito preocupado com essas sete crianças que não sabiam como fornecer. Deus (pensou), ele estava no céu, e ela teve que se preocupar em dívida angústia, as dores da fome que despertaram maus pensamentos, sentimentos irados ... e em cima do que o inverno parecia indicar apenas neve e gelo!

- Marlette não era ruim -

Nesse silêncio tenso e sombrio, as sete crianças riram pouco, muitas vezes brigaram, e quando eles sonhavam, viu pães, leite quente e flamejante lareira. Marietta, o maior dos sete filhos, que compreendeu a situação na mosca e cuja tremendo alma de todo o pai tensões e mãe, cresceu sombria e selvagem. Truant da escola e catecismo estava indo para sair da casa, mas não estudar as lições. Ele não ameaçou ser admitido à Primeira Comunhão, explodindo sua sentença em uma resposta rebelde e provocador: "Eu não me importo". Na verdade, ele não sabia quem ele era Deus: se Deus era como o pai, não tinha melhor aproximar-se dele também ... Naquele domingo, 15 de janeiro de não foi sequer ido à missa ou catecismo.

No entanto, Marietta não era ruim. Ela também tinha um segredo, um tesouro, uma coisa de sua própria para que ele se sentiu obrigado inconscientemente, talvez para as necessidades de seus pré-adolescentes que ter uma razão, uma força, uma alegria íntima de vida. Ele tinha encontrado um caminho rosário de idade e esta coroa tinha amarrado o melhor que tinha em seu coração e que expressa há algum tempo com a recitação segredo de uma Ave Maria. Naquela noite fria de 15 de Janeiro, o Marietta mal-humorado não se juntou aos irmãos que seu pai o acompanhou até a cama. Ela era a mais velha, tinha doze anos; Ele podia fazer sozinho e poderia esperar seu irmão de dez anos ainda não voltou para casa. Ele se sentou na janela da cozinha, com raiva ao atraso; fora havia um manto de neve e muito frio! Mas aqui Mamma Luisa no quarto ao lado ouviu-se chamado a partir de Marietta com nova entrada, com um tom afetuoso. Luisa estremeceu: ela pensou que sua filha finalmente derreteu em uma expressão de amor, para que saliência incomum de voz em que ele chamou. "Oh, mãe! Há uma mulher no jardim!". Sim; Marietta viu na frente da casa, fora da terra, uma figura luminosa do jovem, ainda, com as mãos e a cabeça inclinada para a esquerda, olhando para ela sorrindo.

Seqüestrado, subjugado pela doce e de boa aparência, Marietta, que foi definitivamente viveu o sonho secreto de afeto que levou ao coração, ele encontrou palavras para pintar, o que dizer, o que ele viu, com uma confiança que impressionou o pobre mãe. "Vem e vê, mãe, tem um halo de luz como uma nuvem em torno dele e um halo em volta da cabeça. E 'Madonna! Como é belo!". Para a mãe, agnóstico, que era um fantasma. Marietta, confuso, mais uma vez olhou para o pequeno pátio e viu a senhora sorriso branco e cercado por luz. Então ela pegou o rosário e começou a rezar. Após cerca de dez minutos a visão move os braços e fez sinal para que ela se aproximasse. Marietta se preparavam para sair, mas sua mãe o impediu. A visão, em seguida, desapareceu.

- Por oito vezes -

Desde aquela noite, até 2 de março, Marietta viu oito vezes a bela dama. O estranho era que uma vez que a menina sentiu que tinha de tomar o rosário e recitar muitos Ave Maria como havia grãos. Ninguém jamais disse Marietta foi composta como um rosário, mas ela começou a passar três, quatro, até seis vezes por dia e cada grão teve sua Ave Maria. Com essa coroa, o olho, o coração, a mente, toda a sua pessoa se sentia ali, perdido em que a visão de alegria. Quem era? 18 de janeiro de Marietta viu a jovem ainda no jardim da casa. Desta vez, a visão fez sinal para ela segui-la como ela andou para trás sobre uma nuvem brilhante. Marietta foi atrás dela: saiu do jardim e encontrou-se na estrada. O pai preocupado seguiu; Marietta não ouviu os apelos de seu pai, que estava profundamente impressionado. A senhora bonita precedido dela como uma mãe faz quando ensina o caminho para seu filho. Marietta em suma sentiu três vezes dobrado por uma força misteriosa em genuflexões profundas. A senhora atravessou a rua e parou onde uma fonte modesta formado um pequeno riacho lamacento. Em declarações à jovem disse, sorrindo:

"Coloque suas mãos na água. Esta Primavera é reservado para mim. Boa noite. Adeus."
Marietta não entendi muito, mas obedeceu, feliz que a figura suave de uma mulher havia dito: "Adeus!". Também na noite de 19, ele se ajoelhou de novo, cheio de confiança, para rezar e visão reapareceu. A senhora estava em um rasto de luz, como se descendentes dos topos dos pinheiros da floresta, que fica perto da igreja, entre a estrada provincial que vai para Louveignèe Tancremont; disse Woods "dos pobres", porque não, que tinha necessidades de carro, ele poderia livremente cortar madeira para a sua lareira. Ele parou a poucos metros de distância da garota. Ele disse com tristeza gentil:

"Eu sou a Virgem dos Pobres.
Esta Primavera é reservada para mim, por todas as nações.

Para aliviar o doente.

Vou rezar por você.

Adeus. "


Marietta, estas declarações poderosas, talvez só sabia que a senhora era apenas a Madonna quando ela argumentou; Ele voltaria e que certamente seria bom se ele orou por ela! Estranho parecia a forma como foi qualificado ", os pobres! " ... Nossa Senhora não diz que é "o céu?" que é a Rainha poderoso e bom? E se a fonte era dele, porque ele tinha que ser " para todas as nações "? E, em seguida, o doente! ... Nesse país frio e pobre, eles poderiam não ser bem ...

- "Orai muito!" -

Havia aqueles que escreveu as palavras, fatos, tudo; a multidão de curiosos e devotos que vieram para Banneux cresceu ao longo do tempo. Ele então disse de outro sinal confirmando o caráter preternatural dessas aparições. O pároco, Pe Jamin, recomendou-se com um amigo padre para fazer e, falando, ele havia expressado o desejo de que o pai Marietta se arrependa. Na noite dessa mesma entrevista, Beco pai foi para o padre para a confissão e no dia seguinte você foi para a Comunhão. Que lhe tinha feito tanto? No dia 19, a "Madonna dos pobres" voltou e fez um desejo:

"Eu gostaria de uma pequena capela."


Marietta disse que; mas então, a pequena capela foi ela que vive, com sua atitude silenciosa e com a recitação do Rosário e ensinou a multidão para afundar seus joelhos na neve e permanecer no encontro de oração. Em 11 de Fevereiro, a bela senhora voltou e disse simplesmente por causa de suas visitas:

"Eu vim para amenizar a dor."
E depois ainda uma consoladora "Goodbye" para Marietta. Ele mostrou 15 e 20 do mesmo mês quase para confirmar aqueles que acreditavam em você e estimular a fé dos que duvidam. Na verdade, ele disse:

"Acredite em mim, eu vou acreditar em você. Rezai muito. Adeus."
20 repetido em Marietta:

"Meu querido filho, rezai muito! Adeus."          
Sim, Marietta acreditava e repetiu o convite para "orar muito" para ela se tornou sua vida em espera, porque a Senhora tinha ainda disse "Adeus" . 02 de março ainda era, mas foi uma visita de despedida; disse mais explicitamente o seu nome e confirmou a sua mensagem:

"Eu sou a Mãe do Salvador, Mãe de Deus, rogai muito. Adeus."
Marietta nunca tinha duvidado de sua: desde a noite de 15 de Janeiro, o coração lhe tinha dito que a Senhora de luz era a Mãe de Deus e se sentiu em sua alma, antes mesmo de ouvir o convite, a necessidade de orar. Que "Orai muito", repetiu três vezes com insistência gentil, parecia normal, uma necessidade. Mas ele pensou que o povo, os sacerdotes, o Bispo? Se ele era uma fantasia adolescente ou uma sugestão diabólica, ele iria desmoronar; mas se ... A fonte realmente curado doenças incuráveis; mas especialmente curou almas, muitas almas! O bispo de Liège, no entanto, não descartou se não em 1942, na carta pastoral de 19 de Março, em que ele deu "a plena e total autorização para praticar o culto a Nossa Senhora de Banneux". Em 1949, o mesmo bispo, Mons. Kerìhofs, reconhecida como verdadeira "sem reservas" os oito aparições da Virgem em Marietta Beco. Em 8 de agosto, ele foi abençoado a primeira pedra do santuário a ser construído no local das aparições. Desde então, toda noite, às sete da pequena aldeia de uma multidão de peregrinos continuaram a oração devota de Marietta. O padre se ajoelhou na entrada da igreja canta um rosário seguido pelo povo. Um segundo Rosário é recitado em procissão com a fonte, interrompido por três genuflexões onde ele tinha feito a menina guiada pela Virgin. O terceiro é dito para voltar à luz de tochas, pontuado por invocações e louvores marianos.

Marietta mais tarde casou e teve vários filhos.
- A escola da pobreza -
Banneux é agora um centro de espiritualidade evangélica. A rua enlameada primitiva viajou por vagões, tornou-se uma estrada de asfalto ampla forrada com casas modernas, café, de lojas para a venda de "souvenirs"; Isso leva à igreja, com a fonte, para a floresta, para as capelas. No Banneux Nossa Senhora mantém a promessa e "adoça" sofrimento curas realizando humanos sobre os corpos doentes e almas. Mas milagres não são a característica de Banneux. Se Virgo faz uso deles, é apenas para confirmar sua verdadeira missão: Além da Mãe de Deus torna-se evangelizadora, professor, guia, intérprete do evangelho. Ele precisa, portanto, de "alunos", "pobres" raciocínio humano, "pobres" auto "pobres" pretensioso ... Ele havia escolhido como sede Banneux porque era um país de pobres, os despossuídos, expulsos, e entre eles poderia encontrar simples ... como ele tinha encontrado Marietta, mal humorado, inconscientemente, empurrando a rebelião, mas a alma aberta, terra virgem. Eis que, para você, dê uma olhada "pobres" corações para ser capaz de escola; Por que você chama "Madonna dos pobres".
O que ensina Santa Maria? O mistério do sofrimento. Responde o "porquê" do sofrimento.
- Você se torna pobre -
No Banneux torna-se real "pobres". A Virgem a se ajoelhar; não recitar o Rosário, e com isso, não sei como, ele ensina muitas coisas nunca até então pensar, nunca entendi, nunca amei. Ele retorna filhos, eo coração gosta da brincadeira de novas criaturas. Todo mundo se sente criança, ternamente amada por uma Mãe das Dores, desolado, abandonado você também. Toda a vida de Maria e a vida de Seu Filho Jesus sente que a felicidade terrena é muito efêmero, e que Nossa Senhora leva suavemente para o desejado 'eterna alegria infinita, onde o choro não vai soar e as lágrimas se tornar faíscas de luz.

Tirada de um folheto preparado pelo "Center of the Opera Mater Gratiae Divinae", 10090 Rosta (Turim)


01/03/2017

O jejum e a abstinência.



O jejum e a abstinência são obrigatórios durante a Quarta-feira de Cinzas, como também na Sexta-feira Santa, para as pessoas maiores de 18 e menores de 60 anos. Fora desses limites, é opcional. Nesse dia, os fiéis podem ter uma refeição “principal” uma vez durante o dia.

A abstinência de comer carne é obrigatória a partir dos 14 anos. Todas as sextas-feiras da Quaresma também são de abstinência obrigatória. As sextas-feiras do ano também são dias de abstinência. O gesto, dependendo da determinação da Conferência Episcopal de cada país, pode ser substituído por outro tipo de mortificação ou oferecimento como a oração do terço. 
Que Deus nos ilumine neste tempo de Quaresma que se inicia! Que possamos fazer e cumprir com os nossos propósitos para assim termos um coração cada dia mais preparado para o Senhor, e para ser fermento neste mundo que tanto necessita do amor e da misericórdia de Deus.

Quarta-feira de Cinzas


A Quarta-feira de Cinzas representa o primeiro dia da Quaresma no calendário gregoriano, podendo também ser designada por Dia das Cinzas e é uma data com especial significado para a comunidade cristã. A data é um símbolo do dever da conversão e da mudança de vida, para recordar a passageira fragilidade da vida humana, sujeita à morte. Coincide com o dia seguinte à terça-feira de Carnaval e é o primeiro dos 40 dias (Quaresma) entre essa terça-feira e a sexta-feira (Santa) anterior ao domingo de Páscoa.

A origem deste nome é puramente religiosa. Neste dia, é celebrada a tradicional missa das cinzas. As cinzas utilizadas neste ritual provêm da queima dos ramos abençoados no Domingo de Ramos do ano anterior. A estas cinzas mistura-se água benta. De acordo com a tradição, o celebrante desta cerimônia utiliza essas cinzas úmidas para sinalizar uma cruz na fronte de cada fiel, proferindo a frase “Lembra-te que és pó e que ao pó voltarás” ou a frase “Convertei-vos e crede no Evangelho”.


Na Quarta-feira de Cinzas (e na Sexta-feira Santa) a Igreja Católica aconselha os fiéis a fazerem jejum e a não comerem carne. Esta tradição já existe há muitos anos e tem como propósito fazer com que os fiéis tomem parte do sacrifício de Jesus. Assim como Jesus se sacrificou na cruz, aquele que crê também pode fazer um sacrifício, abstendo-se de uma coisa que gosta, neste caso, a carne.

07/02/2017

Tudo tem o seu tempo.


Tudo tem o seu tempo: Tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de oração, e tempo de dar ouvido só as coisas do mundo; tempo de misericórdia, e tempo de condenar (Ecle 3,1-8). Assim, cada dia é um novo dia. Ninguém sabe a hora que nasce ou quando vai morrer. Só Eu sei tudo.    Filhos amados! Se alguém está pensando em Me agradar com seus cantos num tom de exagero, com seus instrumentos barulhentos, estão enganados. Um exemplo à vós deixei, quando quis orar por vocês: retirei-Me de perto dos Meus Apóstolos e fui orar distante. Quando vi o Meu inimigo invadindo Jerusalém, fui para o deserto pedir ao Meu Santo Pai que não deixasse aquele povo sozinho. Em silêncio Eu fazia tudo. Nenhum Apóstolo Meu carregou instrumento que viesse Me aborrecer, para ver o que aconteceria. Agora, justamente agora que a Minha hora está chegando, querem fazer um carnaval como se estivessem esperando o rei momo passar.    Filhos e filhas! Quando alguém de sua casa está triste ou doente, por acaso vocês fazem barulho com música alta? Não, não é? O mesmo vem acontecendo Comigo. Estou num mar de tristeza vendo o sangue sendo derramado por milhares e milhares de inocentes. Se vocês quiserem Me ajudar, podem cantar sim os seus cantos, mas não fazendo como se tudo estivesse em festa. Rezem, rezem, é o que a Minha Santa Mãe vem vos pedindo, e agora Sou Eu, o vosso Salvador. Os cantos que Me fizerem, que façam como os Meus Anjos fazem na Minha frente, todos num só tom e nada de exagero. Os que gostam de fazer tudo isto são aqueles que abandonaram a Minha Igreja que passei a Pedro. Estes sim procuram um jeito de não imitar a Santa Missa como era celebrada antes, onde não havia nada de exagero. Tudo o que é demais aborrece. Ninguém gosta do que não serve. Se quiserem Me agradar, façam o máximo de silêncio nas suas orações e um hino de louvor bem suave. Só assim Me agradarão.  Lembrem-se que o mundo inteiro está como se todos estivessem de luto, porque o tempo agora é de oração, muita oração. A falta de modéstia e as modas que ofendem Deus. Em Fátima, Nossa Senhora faz uma revelação surpreendente: “Os pecados que lançam a maioria das almas no inferno, são os pecados de impureza”. A este respeito, vejam o que o demônio diz, em um exorcismo, a sobre as saias curtas: “Com elas agarro os homens e mulheres e encho o meu reino. [gargalhada longa e estridente] que satisfação, que alegria, que contentamento…”. Se por um lado a falta de modéstia e a imoralidade no vestir desagradam e ofendem Deus, estas causam satisfação, alegria, contentamento, em Satanás. Podemos dizer o mesmo das roupas decotadas, justas e sensuais, que as mulheres vestem em nossos dias. Estas certamente desagradam Deus e agradam os demônios. A corrupção moral chega hoje a tal ponto que as roupas sensuais também são usadas por homens. Como bons católicos, não deixemos que o espírito do mundo entre em nossas vidas, especialmente em nosso modo de nos vestir. Pois, as modas do mundo carregam a atmosfera espiritual em que vivemos com o espírito de impureza. Nestes tempos, nos quais estão em perigo muitas almas, é importantíssimo que redescubramos a beleza da modéstia católica no vestir. Esta redescoberta deve começar pelas crianças, pois até mesmo elas são atingidas pelas modas mundanas. Infelizmente, muitas meninas se vestem e se maquiam como verdadeiras prostitutas, incentivadas por mulheres já contaminadas pelo espírito do mundo. A este respeito, Nossa Senhora do Bom Sucesso já nos alertava que em nossos dias: “quase não se encontrará inocência nas crianças, nem pudor nas mulheres”. A impureza, que entrando sutilmente nos ambientes domésticos, até mesmo nos lares cristãos, “perderá as crianças e o demônio se gloriará de alimentar com o requintado manjar dos corações dos meninos”. Por isso, nós adultos, homens e mulheres, devemos cuidar do nosso modo de vestir, mas também das crianças, para que a sensualidade e o espírito de impureza não entre em nossas vidas. Ademais, com muito mais razão, “as pessoas que servem a Deus não devem seguir essas modas”, como pediu Nossa Senhora em Fátima.  Estas modas tiram a dignidade da humanidade, criada à “imagem e semelhança” de Deus, por isso, ofendem muito o Senhor. Além disso, a impureza causada pela falta de modéstia no vestir é um pecado grave, pois é contrária à nossa vocação à santidade e uma ofensa a Santíssima Trindade.
      Jesus.

08/11/2016

Grávida de gêmeos? Agora Noruega permite escolher qual vive e qual morre.




Grávida de gêmeos? Agora Noruega permite escolher qual vive e qual morre. Confira essa barbaridade. Diga não ao aborto.
As mulheres grávidas de gêmeos que vivam em algum país da Europa onde o aborto seja ilegal ou; Onde as leis de aborto seletivo sejam muito restritivas, poderão viajar para a Noruega para abortar livremente. Esta é a nova medida tomada pelo representante da junta diretiva de saúde norueguesa, Torunn Janbu, que está promovendo o “turismo abortivo” para todas as mulheres europeias. O departamento de saúde norueguês reinterpretou as leis abortivas para beneficiar, ainda mais, a cultura de morte. Neste caso, a medida se centra na redução fetal, isto é, se a mãe não quer ter os dois gêmeos, pode abortar um deles, embora não exista problema de saúde. Janbu assegura ao jornal ‘Dagsavisen’ que “todas as mulheres, sem importar se são norueguesas ou residentes na Noruega, têm o mesmo direito ao aborto e, por isso, a redução fetal”. Redução fetal é o eufemismo para descrever o assassinato do nascituro a mais. “Nós, como Junta Diretiva, não temos nada a dizer sobre a ética”, desvencilha-se Janbu. “Nós apenas informarmos os serviços de saúde locais como aplicar a lei”. “Todas as mulheres, independentemente de serem norueguesas ou de outro país europeu, terão em nossos hospitais a absoluta liberdade para abortar”, assegura em um comunicado. O departamento de saúde norueguês garante que esta medida foi tomada depois de receber muitos telefonemas de mulheres dinamarquesas que; Pediam atendimento em hospitais noruegueses para abortar um de seus gêmeos, porque na Dinamarca o aborto é ilegal. Esta decisão foi uma das mais controversas na Noruega, apesar de o país estar governado por um partido conservador; E foi questionada por muitos médicos que asseguram que abortar um bebê saudável que está crescendo junto com seu gêmeo não é nenhum “benefício para a saúde da mulher”, mas uma tragédia social. Foi o que opinou a doutora Birgitte Heiberg Kahr, especialista em cuidado fetal no hospital St. Olav’s, em Oslo. “Decidir qual gêmeo abortar é um perigo tanto para a mãe como para o outro bebê. Os gêmeos compartilham no ventre de sua mãe muito mais do que imaginamos”. Devido à inseminação artificial, têm aumentado o número de gestações duplas e triplas, um fato, segundo assegura o departamento de saúde norueguês, difícil de enfrentar para as mulheres. Por isso defendem o aborto de um dos bebês. “Querer um filho não implica ter que ficar com dois”, sentenciam.

Fonte: acidigital.com




05/11/2016

Olhe.


           
Olhe para trás! 
Veja os obstáculos que você já superou.
Veja quanto você já aprendeu
nesta vida e quanto já cresceu.

Olhe para frente!
Não fique parado, levante-se quando tropeçar e cair.
Estabeleça metas, tenha planos e prossiga com firmeza.

Olhe para dentro!
Conheça seu coração e analise seus projetos;
mantenha puros seus sentimentos.
Não deixe que o orgulho, a vaidade e a inveja
dominem seus pensamentos e seu coração.

Olhe para o lado!
Socorra quem precisa de você.
Ame o próximo e seja sensível para perceber
as necessidades daqueles que o cercam.

Olhe para baixo!
Não pise em ninguém...
Perceba as pequenas coisas e aprenda a valorizá-las.

Olhe para cima!
Há um Deus maior do que você,
que te ama muito e tem
todas as coisas sob seu controle.

Olhe para Deus!
Perceba a profundidade, a riqueza
e o poder da bondade divina.
Sinta esse Deus que olha por você
em todos os dias da sua vida!

01/11/2016

Dia de todos os Santos.





Dois são os Santificadores das almas: O Espírito Santo e a Virgem Maria. Isto porque o Espírito Santo difunde a caridade em nossas almas. Tal ação do Espírito Santo e tal colaboração da Santíssima Virgem Maria algo constante, visto como sem eles não se delineia nenhum traço de Jesus nas almas, não cresce nenhum grau de graça aumenta, nenhum vinculo de união com Deus se estreita na rica floração da vida espiritual. Para fazer a vontade de Deus é preciso antes de tudo, ser humilde. Ser Santo é fazer as pequenas coisas com um grande amor. 
Deus é a alegria dos justos: e esta gloriosa alegria faz a sua eterna bem-aventurança. Devemos amar-nos uns aos outros na terra, como nos amaremos no Céu. Se queremos ser santos, procuremos a verdadeira união com Deus que é unir totalmente nossa vontade à vontade dele.






28/10/2016

A Oração.




A oração é a vida da alma. Pela oração é garantida a assistência da graça Divina, em todas as circunstancias. Quem pode prescindir do auxilio Divino?
Tolos, pois são aqueles que desprezam a oração, julgando-a supérflua. A oração une-nos a Deus, fazendo descer sobre nos suas graças. O céu se abalam quando homens e mulheres rezam. Vigiai e orai, para não cairdes em tentação.
Está triste algum de vós? ore. Está alegre? cante louvores a Deus. Deixando de rezar, Deus acabará sendo "ninguém" para você. Se deixamos de rezarmos de rezar por muito tempo, Deus acabará por " morrer não em si mesmo, porque é Ele eterno e Imortal, mas no coração do homem, afastado Deus; a vida é como uma flor que se despetala . Regue essa planta ressequida, volta seu coração a Ele.
Aqueles que rezam fazem mais para o mundo que aqueles que lutam, e se o mundo está mal é porque tem mais batalhas que oração.

                      Tudo pode ser mudado pela oração.

16/07/2016

NOSSA SENHORA DO CARMO



Ao olharmos para a história da Igreja encontramos uma linda página marcada pelos homens de Deus, mas também pela dor, fervor e amor à Virgem Mãe de Deus: é a história da Ordem dos Carmelitas, da qual testemunha o cardeal Piazza: “O Carmo existe para Maria e Maria é tudo para o Carmelo, na sua origem e na sua história, na sua vida de lutas e de triunfos, na sua vida interior e espiritual”. Carmelo (em hebraico, “carmo” significa vinha; e “elo” significa senhor; portanto, “Vinha do Senhor”): este nome nos aponta para a famosa montanha que fica na Palestina, donde o profeta Elias e o sucessor Elizeu fizeram história com Deus e com Nossa Senhora, que foi pré-figurada pelo primeiro numa pequena nuvem (cf. I Rs 18,20-45). Estes profetas foram “participantes” da Obra Carmelita, que só vingou devido à intervenção de Maria, pois a parte dos monges do Carmelo que sobreviveram (século XII) da perseguição dos muçulmanos, chegaram fugidos na Europa e elegeram São Simão Stock como seu superior geral; este, por sua vez, estava no dia 16 de julho intercedendo com o Terço, quando Nossa Senhora apareceu com um escapulário na mão e disse-lhe: “Recebe, meu filho, este escapulário da tua Ordem, que será o penhor do privilégio que eu alcancei para ti e para todos os filhos do Carmo. Todo o que morrer com este escapulário será preservado do fogo eterno”. Vários Papas promoveram o uso do escapulário e Pio XII chegou a escrever: “Devemos colocar em primeiro lugar a devoção do escapulário de Nossa Senhora do Carmo – e ainda – escapulário não é ‘carta-branca’ para pecar; é uma ‘lembrança’ para viver de maneira cristã, e assim, alcançar a graça duma boa morte”. Neste dia de Nossa Senhora do Carmo, não há como não falar da história dos Carmelitas e do escapulário, pois onde estão os filhos aí está a amorosa Mãe. 
Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!


07/07/2016

Irmandade das Almas do Purgatório Nossa Senhora do Carmo.



Quem desejar participar da Irmandade das Almas do Purgatório Nossa Senhora do Carmo , deixe mensagem que explico como escrever-se na Irmandade ( gratuitamente)


07/03/2016

Oração pedindo a intercessão de São José.




Ah São José, Vós que ninguém jamais invocou em vão, rogai e intercedei por mim junto a Jesus.

Sede meu advogado junto a este divino Filho Jesus Cristo a quem fostes na terra protetor fiel.

Ajuntai a todas as vossas glórias aquela de ganhar a causa desesperada que vos confio.
(causa pela qual você está orando).

Creio que podeis acudir os meus votos, livrando-me das penas que acabrunham e das amarguras de que sofre a minha alma.

Tenho, além disso, confiança em que nada deixareis de fazer em favor do aflito que vos implora.

Humildemente prostrado a vossos pés, eu vos peço:

Tende piedade de minhas súplicas e de minhas lágrimas, cobri-me com vossa misericórdia e abençoai-me.

Amém!


06/03/2016

Consagração ao glorioso partriarca SÃO JOSÉ .

                                        



Oh! Glorioso Patriarca São José, eis-me aqui, prostrado de joelhos ante vossa presença, para pedir-vos vossa proteção.
Desde já vos elejo como meu pai, protetor e guia.
Sob vosso amparo ponho meu corpo e minha alma, propriedade, vida e saúde.
Aceitai-me como filho vosso.
Preservai-me de todos os perigos, ataques e laços do inimigo.
Assisti-me em todo momento e sobre tudo na hora de minha morte. Amém

Reze 7 vezes a oração do Glórias ao Pai em honras a São José.

– Glórias ao Pai, ao Filho e ao Espirito Santo, assim como era no principio, agora e sempre amém!

05/03/2016

As Sete Alegrias e as Sete dores de São José.

                                



1) Ó Esposo puríssimo de Maria Santíssima, glorioso São José, assim, como foi grande a amargura de vosso coração na perplexidade de abandonardes a vossa castíssima Esposa, assim foi indizível a vossa alegria quando pelo Anjo vos foi revelado o soberano mistério da Encarnação. Por esta tristeza e por esta alegria, vos pedimos a graça de consolardes agora e nas extremas dores, a nossa alma, com a alegria de uma vida justa e de uma santa morte, semelhante à vossa, assistidos por Jesus e por Maria.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

2) Ó felicíssimo Patriarca, glorioso São José, que fostes escolhido para ser o Pai adotivo do Verbo emanado, a tristeza que sentistes ao ver nascer em tanta pobreza o Deus menino, se vos mudou em júbilo celeste ao ouvirdes a Angélica harmonia e ao contemplardes a glória daquela brilhantíssima noite. Por esta tristeza e por esta alegria, vos suplicamos a graça de nos alcançardes que, depois da jornada desta vida, passemos a ouvir os angélicos louvores e a gozar os resplendores de glória celeste.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

 3) Ó obedientíssimo executor das divinas Leis, glorioso São José, o sangue preciosíssimo que na Circuncisão derramou o Redentor-Menino vos transpassou o coração, mas o nome de Jesus vo-lo reanimou, enchendo-o de contentamento.

Por esta tristeza e por esta alegria, alcançai-nos viver sem pecado, a fim de expirar cheios de júbilo com o nome de Jesus no coração e na boca.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória. 

4) Ó fidelíssimo Santo, que tivestes parte nos mistérios de nossa Redenção, glorioso São José, se a profecia de Simeão a respeito do que Jesus e Maria teriam de padecer, vos causou mortal angústia, também vos encheu de suma alegria pela salvação e gloriosa ressurreição que, igualmente, predisse teria de resultar para inumeráveis almas.

Por esta tristeza e por esta alegria, obtende-nos que sejamos do número daqueles que, pelos méritos de Jesus e pela intercessão da SS. Virgem, sua Mãe, têm de ressuscitar gloriosamente.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

5) Ó vigilantíssimo custódio, íntimo familiar do Filho de Deus encarnado, glorioso São José, quanto sofrestes para alimentar e servir o Filho do Altíssimo, particularmente na fuga com Ele para o Egito. Mas, qual não foi também vossa alegria o por terdes sempre convosco o mesmo Deus e por verdes cair por terra os ídolos egípcios.

Por esta tristeza e por esta alegria, alcançai-nos que, afastando para longe de nós o infernal tirano, especialmente, com a fuga das ocasiões perigosas, sejam extirpados do nosso coração todos os idílios de afetos terrenos e que, inteiramente dedicados ao serviço de Jesus e de Maria, para eles somente vivamos e, na alegria do seu amor, expiremos.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.

6) Ó anjo da terra, glorioso São José, que cheio de pasmo vistes o Rei do Céu submisso a vossos mandados, se a vossa consolação, ao reconduzi-lo do Egito, foi turbada pelo temor de Arquelau, contudo, sossegado pelo Anjo, permanecestes alegre em Nazaré com Jesus e Maria.

Por esta tristeza e por esta alegria, alcançai-nos a graça de desterrar do nosso coração todo temor nocivo, de gozar a paz da consciência, de viver seguros com Jesus e Maria e também de morrer assistidos por eles.

Pai Nosso, Ave Maria, Glória.

7) Ó exemplar de toda santidade, glorioso São José, que perdeste, sem culpa vossa, o Menino Jesus, e com grande angústia houvestes de procurá-lo por três dias até que, com sumo júbilo, gozastes do que era vossa vida, achando-o no Templo entre os doutores.

Por esta tristeza e por esta alegria, vos suplicamos, com o coração nos lábios, que interponhais o vosso valimento para que nunca se suceda perder a Jesus por culpa grave; mas, se por desgraça o perdermos, com tão grande dor o procuremos que o achemos favorável, especialmente em nossa morte, para passarmos a gozá-la no céu e lá cantarmos convosco suas divinas misericórdias.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.


Rogai por nós, Santíssimo José. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Oremos: Ó Deus, que por Vossa inefável Providência Vos dignastes escolher o bem-aventurado São José para Esposo de Nossa Mãe Santíssima, concedei-nos que aquele mesmo que na terra veneramos como protetor, mereçamos tê-lo no céu por nosso intercessor. Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Assim seja.

04/03/2016

Lembrai-vos de São José.

                                   



LEMBRAI-VOS, ó puríssimo Esposo de Maria Virgem, ó meu doce protetor, São José, que jamais se ouviu dizer que alguém tivesse invocado a vossa proteção, implorado vosso socorro e não fosse por vós consolado e atendido. Com esta confiança venho à vossa presença e a vós fervorosamente me recomendo. Não desprezeis a minha súplica ó Pai adotivo do Redentor, mas dignai-vos acolhê-la piedosamente. Assim seja.

03/03/2016

ORAÇÃO PELOS AGONIZANTES




São José, Pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro esposo da Virgem Maria, rogai por nós e pelos agonizantes deste dia (ou desta noite).
V: São José, padroeiro dos agonizantes.
R: Rogai por nós.

02/03/2016

ORAÇÃO A SÃO JOSÉ PELA FAMÍLIA .

                     



São José, a quem Deus confiou o cuidado da mais santa família que jamais houve, sede vós, vo-lo pedimos, o pai e protetor da nossa, e impetrai-nos a graça de vivermos e morremos no amor de Jesus, de Maria e do Vosso. 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e sempre. Amém. 1- Pai Nosso e 1- Ave Maria.

01/03/2016

Março mês dedicado ao Glorioso São José.

                                       
                   


                      ROSÁRIO DE SÃO JOSÉ PELOS MORIBUNDOS

 Ó Santo Patrono dos moribundos, ofereço-vos, humildemente, este devoto exercício de meditação e oração, por todos que se acham, nesta hora, nos apertos da agonia e por mim, quando chegar a minha última hora.


 MISTÉRIOS GOZOSOS(Para 2as e 5as feiras)

No 1º. Mistério se contempla o gozo que provou São José, ao ser-lhe comunicado o mistério da Encarnação do Filho de Deus.1 Pai Nosso, 10  Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite). 

No 2º. Mistério se contempla o gozo de São José, ao saber que Santa Isabel saudara Maria com o nome de Mãe do seu Senhor e ao ter notícia da cura prodigiosa de Zacarias.1 Pai Nosso, 10 Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite).

 No 3º. Mistério se contempla o gozo de São José, quando, por ocasião do nascimento do Redentor Divino, viu os anjos descerem do céu, e os humildes pastorzinhos acudirem pressurosos à choupana, adorando o recém-nascido, o desejado Messias.1 Pai Nosso, 10  Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite). 

No 4º. Mistério se contempla o gozo de São José, quando, na apresentação ao templo, ouviu do santo velho Simeão a profecia anunciando a salvação do mundo, que a divina criança vinha realizar.1 Pai Nosso, 10  Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite). 

No 5º. Mistério se contempla o gozo de São José, que, após três dias de aflitivas pesquisas, teve a felicidade de achar no templo o perdido Redentor.1 Pai Nosso, 10 Glórias ao Pai  e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite).
" São José foi o homem mais puro em sua virgindade, mais profundo em sua humildade, mais ardente na caridade, mais elevado na contemplação" ( São Bernadino de Sena)


“Eis o servo fiel e prudente a quem o Senhor confiou a sua casa ”                                                                               (Lucas 12, 41)




   MISTÉRIOS DOLOROSOS(Para 3as e 6as feiras) 

No 1º. Mistério se contempla a dor que amargurou o coração de São José, ao ver Jesus nascer num estábulo miserável, sofrendo os rigores do inverno, e aquecido apenas pelo sopro dos animais.1 Pai Nosso, 10  Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite). 

No 2º. Mistério se contempla a dor de São José na dolorosa circuncisão, a que se submeteu, em obediência à lei mosaica, o Salvador recém-nascido.1 Pai Nosso, 10 Glórias ao Pai  e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite). 

No 3º. Mistério se contempla a dor que São José sentiu ao ter de fugir para o Egito, afim de subtrair a criança divina ao furor do rei Herodes.1 Pai Nosso, 10 Ave Marias e 1 Glória e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite). 

No 4º. Mistério se contempla a dor de São José, quando, por três longos dias, juntamente com Maia Santíssima chorou a perda do amado Jesus.1 Pai Nosso, 10 Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite).

 No 5º. Mistério se contempla a dor de São José, à hora de sua morte, quando se separou das duas pessoas que mais amava sobre a terra, Jesus e Maria.1 Pai Nosso, 10 Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite). 





  MISTÉRIOS GLORIOSOS(Para domingos, 4as feiras e sábados) 

  No 1º. Mistério se contempla a glória de São José, ao ver-se escolhido para esposo de Maria, pai nutrício de Jesus e chefe da Sagrada Família.1 Pai Nosso, 10 Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite).

 No 2º. Mistério se contempla a glória de São José, ao ver os sacerdotes e os doutores da lei ouvindo admirados a palavra de Jesus, que aos doze anos apenas , discutia no templo, e ao ouvir dos mesmos chamá-lo filho dele.1 Pai Nosso, 10 Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite).  

No 3º. Mistério se contempla a glória de São José, ao ser, pelo espaço de longos anos, na casinha de Nazaré, obedecido, reverenciado e servido pelo Filho de Deus.1 Pai Nosso, 10  Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite). 

No 4º. Mistério se contempla a glória de São José, quando, morto entre os braços de Jesus e Maria, ao ver-se recebido pelos santos escolhidos no Limbo, que o proclamam Primeiro Patriarca dentre todos a anunciar o já vindo Messias, de quem fora pai nutrício e guarda fidelíssimo.1 Pai Nosso, 10  Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite). 

No 5º. Mistério se contempla a glória de São José, ao ver-se colocado no Céu, o primeiro depois da Santíssima Virgem, reverenciado pelos anjos e santos, e invocado sobre a terra como primeiro e principal patrono da Igreja Universal.1 Pai Nosso, 10  Glórias ao Pai e, em seguida, a jaculatória: “Ó São José, pai adotivo de Jesus Cristo e verdadeiro Esposo da Santíssima Virgem, rogai por mim e pelos agonizantes deste dia” (ou desta noite). 



Oremos:E Vós, ó caríssimo Pai e protetor, São José, dignai-vos aceitar o humilde tributo deste Rosário, que acabamos de recitar em vossa honra e sede servido de alcançar-nos todas as graças espirituais e temporais de que precisamos, não esquecendo os pobres e agonizantes deste dia (ou desta noite).Ó Deus, que havendo-me condenado à morte, quisestes ocultar-me o momento e a hora da execução, concedei-me que, vivendo na justiça e santidade, todos os dias da minha vida, possa merecer sair deste mundo no ósculo do vosso santo amor. Pelos merecimentos de nosso Senhor Jesus Cristo, que vive e reina convosco, na unidade do Espírito Santo. Assim seja. 

OBS.: Acrescentamos 3 Ave Marias em honra da Santíssima Virgem pela parte relevante que tomou nas alegrias, dores e glória do seu esposo São José.       


19/02/2016

Primeiro Mandamento.


Amar a Deus sobre todas as coisas.

O primeiro mandamento Amar a Deus sobre todas as coisas ordena-nos que havemos de ser religiosos, isto é,crer em Deus e amá-lo, adorá-lo e servi-lo, como único verdadeiro Deus Criador e Senhor de tudo. Em substância, impõe-nos o primeiro mandamento que pratiquemos a religião, que consiste em crer em Deus, revelador isto é, que nos revela as verdades que devemos crer, e amá-lo como nosso supremo Bem, adorá-lo, e servi-lo, como único Deus verdadeiro, Criador e supremo Senhor de todas as coisas e Criador de nós mesmos.De nós como criaturas inteligentes, exige essencialmente quatro coisas:
1-  que creiamos nEle  quando,como suprema Verdade, nos revela as verdades e no-las propõe por intermédio da Igreja.
2-  que o amemos, porque Ele é o sumo Bem e nosso último fim.
3-  que o adoremos só Ele, porque é Deus, merece adoração.
Diversa é a honra que na sociedade se rende aos grandes: suprema, máxima é a que se presta ao soberano. Honramos aos superiores e os grandes da terra; honramos os Anjos, os Santos, Maria Santíssima no céu. Honramo-los, mas não os adoramos. A adoração pela qual se reconhece o supremo domínio de Deus, presta-se  somente a Deus.
4- finalmente, Deus que que o sirvamos, isto é, que observemos os mandamentos que nos deu; e que, com essa observância, reconhecemos também a sua autoridade e a nossa dependência dEle.
Deus elevou o homem  ao estado sobrenatural e reparou, com a Incarnação, Paixão e Morte do seu Unigênito, a queda de Adão. Deu-se a conhecer ao homem por meio da revelação,propôs-lhe verdades sobrenaturais, determinou o culto com que deseja ser honrado; deu-lhe os meios necessários de santificação. Por isso o cristão ( e quem o não é tem o dever de se fazer cristão) deve conhecer, crer, honrar, adorar, amar e servir a Deus em conformidade com a revelação, e portanto, a sua religião ou, em substância, o culto que rende a Deus, é sobrenatural. Em relação ao corpo e à alma. O homem não é só alma, mas também corpo; por isso deve prestar o devido culto a Deus com todo seu ser, com  o corpo e com a alma, pelo que não basta que o culto prestado a Deus seja só interno da alma, deve ser também externo, quero dizer praticado com atos sensíveis.
Em relação ao homem particular e à sociedade. O homem não é só indivíduo; é também membro da sociedade. É criado como ser social; deve por natureza, viver em sociedade, não podendo de modo nenhum bastar-se a si mesmo, pois tem, para a sua vida, necessidade do auxilio dos outros.Por conseguinte deve render a Deus o culto devido não só como indivíduo, mas também como membro da sociedade, e por isso, o culto religioso, além de ser privado deve ser também público. Quero dizer, a sociedade, como união de muitos homens, deve render a Deus o culto que lhe compete.


16/02/2016

Quaresma.

                                       





A Quaresma é um tempo litúrgico em que por 40 dias dedicados pela Igreja à oração e à penitência,
para o fiel preparar-se verdadeiramente para a Semana Santa. 
Jesus Fez tudo por amor e nos convida a amar. Lembre-se de que quanto mais uma alma é agradável a Deus, mais deverá ser provada. Por isso, coragem e avante sempre.
Façamos diginos frutos de penitencias.